Agência Telebrasil
Expediente


A Telebrasil

Clientes de TV por assinatura de AL, ES, MG e RJ começam a receber alertas de riscos de desastres naturais
Agência Telebrasil
23/09/2019

No dia 21 de outubro, o sistema se estenderá para os clientes do estado de São Paulo, em novembro para o Centro Oeste e Norte e em dezembro para os demais estados do Nordeste.

As prestadoras de TV por assinatura começam a enviar a partir desta segunda-feira, 23/09, aos clientes dos estados de Alagoas, Espírito Santo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, alertas de riscos de desastres naturais emitidos pela Defesa Civil.

A medida vem se somar ao sistema de envio de alertas por mensagem de celular (SMS), implantado pelas prestadoras em 2017, sobre o risco de ocorrência de desastres naturais, como chuvas fortes, alagamentos, enchentes, deslizamentos e baixa umidade relativa do ar, por exemplo.

Os clientes de TV por assinatura do Paraná e Santa Catarina foram os primeiros a receber os avisos, de forma experimental, desde março deste ano. No dia 2 de setembro, foi a vez dos clientes do Rio Grande do Sul e, agora, nos quatro Estados. No dia 21 de outubro o sistema se estenderá para os clientes do estado de São Paulo, em novembro para o Centro Oeste e Norte e em dezembro para os demais estados do Nordeste.

Na TV por assinatura, ao contrário do celular, o cliente não precisa se cadastrar para receber o aviso, que será feito somente no caso de alertas de maior gravidade. A mensagem aparecerá na tela do televisor, enquanto o usuário estiver assistindo à programação, no formato de um pop-up, uma pequena tela sobreposta à imagem do programa que estiver assistindo.

Alerta no celular

As pessoas que quiserem receber os alertas gratuitamente pelo celular devem enviar um SMS para o número 40199, com o CEP do endereço que deseja ser monitorado. Podem ser cadastrados mais de um CEP para um mesmo número de celular.

Coordenado pelo Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad), do Ministério da Integração, o sistema foi implantado pelas prestadoras em parceria com a Defesa Civil dos Estados e com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e os custos referentes ao envio das mensagens estão a cargo das empresas.

 


LEIA TAMBÉM:

09/10/2019
Mudanças incentivam novas redes e melhores serviços

09/10/2019
Uma lei voltada para o futuro

08/10/2019
Bolsonaro: "Temos uma oportunidade ímpar de mudar o Brasil"

08/10/2019
Sociedade é quem ganha com o novo marco legal de telecom

08/10/2019
Lei abre espaço para a expansão da banda larga

08/10/2019
País sai do atraso com o avanço das telecomunicações

08/10/2019
Anatel: agora é conciliar os interesses público e privado

08/10/2019
Revisão do marco legal de telecom traz segurança jurídica aos investimentos

08/10/2019
Novas regras vão garantir os empregos do futuro

07/10/2019
Ferrari participa do lançamento do projeto piloto para integrar Consumidor.gov.br ao Processo Judicial Eletrônico


 

Setor de telecom lança campanha de sustentabilidade pela fatura digital

Todos os meses, 76 milhões de clientes de serviços de telecom ainda recebem a fatura impressa. Em média, são 152 milhões de fol ...

LEIA MAIS



Bolsonaro: "Temos uma oportunidade ímpar de mudar o Brasil"

Presidente da República, Jair Bolsonaro, destacou que a Lei 13.879/19, que atualizou o marco Legal de Telecom, vai proporcionar ...

LEIA MAIS



Mitsubishi Electric cria programa de capacitação gratuita nas novas tecnologias

Empresa global de automação centraliza os treinamentos em big data, machine learning e IoT. As aulas acontecem por meio de apre ...

LEIA MAIS



Organizações reclamam da falta de qualificação dos profissionais de Internet das Coisas

Lacuna de habilidades é um dos pontos críticos para o incremento dos negócios conectados, revela a pesquisa IoT Signals, produz ...

LEIA MAIS



Agência Telebrasil Copyright © 2018-2019 Telebrasil - Associação Brasileira de Telecomunicações
A Reprodução do conteúdo da Agência Telebrasil é autorizada mediante a indicação da fonte