Agência Telebrasil
Expediente
Telebrasil



O SindiTelebrasil agora é Conexis Brasil Digital. Saiba mais.

Teletrabalho é um caminho sem volta
Agência Telebrasil
15/06/2020

Para o coordenador do MBA em Marketing e Inteligência de Negócios Digitais da Fundação Getúlio Vargas, André Miceli, o home office se mostrou efetivo e revelou a sua importância para a economia digital.

O modelo de trabalho será impactado e novas oportunidades vão nascer após o coronavírus. É o que aponta o diretor-executivo da Infobase e coordenador do MBA em Marketing e Inteligência de Negócios Digitais da Fundação Getúlio Vargas, André Miceli, no estudo "Tendências de Marketing e Tecnologia 2020: Humanidade redefinida e os novos negócios".

Segundo André Miceli, estudos projetam um crescimento de 30% para home office após a crise do coronavírus e é fundamental que os líderes de negócios pensem, testem e compreendam que a tecnologia é, cada vez mais, um ativo. O especialista cita como exemplos o e-commerce e o ensino à distância, que, em geral, devem crescer 30% e 100%, respectivamente.

"Diante desse novo cenário, torna-se necessário entender que o passado não é mais um guia para o futuro. O primeiro passo para navegar em um ambiente de mudança é elaborar uma estratégia de crise para resolver prioridades, depois preparar uma estratégia de recuperação e esboçar uma estratégia pós-crise", explica o especialista.

Miceli ressalta que a adoção emergencial do home office foi a principal delas, e com isso as culturas organizacionais e estruturais tendem a mudar. Para ele, a modalidade é um caminho sem volta. "O home office já se mostrou efetivo. Aliado a isso, você tira carros da rua, você desafoga o transporte público, você mobiliza a economia de outra forma. E você faz com que as pessoas tenham mais tempo para cuidar da saúde delas e que possam usufruir de coisas que lhe dão prazer. Sem que você tenha uma redução das entregas e do faturamento", ressalta o professor da FGV.

"A adoção de metodologias ágeis também permite uma resposta mais rápida aos novos desafios do dia a dia. O processo de análise, reorganização e tomada de decisão precisa acompanhar o ritmo das mudanças", reforça Miceli. A relevância do teletrabalho é corroborada por uma pesquisa da Fundação Dom Cabral com a Grant Thornton, realizada com 705 profissionais brasileiros. O levantamento indica que 54% dos entrevistados preferem continuar a trabalhar de forma remota após a pandemia da Covid-19. Quase 40% deles apontam que a produtividade em casa é similar à do escritório e a maioria está disposta a pedir à liderança a continuidade do trabalho remoto.

"O que vemos, considerando um contexto de isolamento social, é que a experiência com home office gerou novas percepções, para indivíduos e empresas. Não temos certeza de como essas mudanças seguirão depois, mas a experiência se tornou uma realidade e estará à mesa para discussões laborais", relata o coordenador da pesquisa, Fabian Salum.

LEIA TAMBÉM:

31/07/2020
Febratel, Senacon e cinco Procons fazem parceria para ampliar acesso ao Consumidor.gov.br

15/06/2020
Retomada brasileira passa pelos serviços de telecom

15/06/2020
Teletrabalho é um caminho sem volta

15/06/2020
Empresas e pessoas mudaram a forma de interagir a partir da Covid-19

08/11/2019
Febratel assina acordo de cooperação técnica com CNJ e Senacon

15/08/2019
BRICS: Telecomunicações são essenciais à economia digital

12/08/2019
Telebrasil participa do 5th encontro de ministros das Comunicações dos BRICS

25/07/2019
Brasil cai duas posições no Índice Global de Inovação

25/07/2019
Brasil tem 930 mil sites de comércio eletrônico

05/02/2019
BNDES seleciona 15 pilotos de Internet das Coisas para financiamento



Painel Telebrasil 2020 - Evento Digital - 08, 15, 22 e 29 de setembro 

Soluções para o 5G serão técnicas e Ministério das Comunicações fará diálogo com operadoras

Resultados de reunião entre empresas de telecomunicações associadas à Conexis e o ministro Fabio Faria foram considerados posit ...

LEIA MAIS



Leis da desoneração do IoT e que moderniza o Fust trazem avanços para as telecomunicações

Sanção do PL 172/2020, no entanto, deixou de fora mecanismo que daria maior efetividade aos investimentos em políticas públicas ...

LEIA MAIS



Mitsubishi Electric cria programa de capacitação gratuita nas novas tecnologias

Empresa global de automação centraliza os treinamentos em big data, machine learning e IoT. As aulas acontecem por meio de apre ...

LEIA MAIS



Organizações reclamam da falta de qualificação dos profissionais de Internet das Coisas

Lacuna de habilidades é um dos pontos críticos para o incremento dos negócios conectados, revela a pesquisa IoT Signals, produz ...

LEIA MAIS




Agência Telebrasil © 2018-2020 Telebrasil - Associação Brasileira de Telecomunicações
A Reprodução do conteúdo da Agência Telebrasil é autorizada mediante a indicação da fonte