Agência Telebrasil
Expediente
Telebrasil



O SindiTelebrasil agora é Conexis Brasil Digital. Saiba mais.

TIM: Brasil pode se tornar líder em 5G com Open RAN
Agência Telebrasil
29/09/2020

O atraso do 5G no Brasil em comparação com outros países pode se tornar uma oportunidade se o País abraçar o Open RAN como agente de transformação, observa o presidente da TIM, Pietro Labriola.

O atraso do 5G no Brasil em comparação com outros países pode se tornar uma oportunidade se o País abraçar o Open RAN como agente de transformação, afirmou o presidente da TIM, Pietro Labriola, ao participar do Painel Telebrasil 2020, nesta terça-feira, 29/09.

O executivo adiantou que, a estratégia da TIM é ter sempre o cliente no centro de das atenções, com mais qualidade de infraestrutura, atendimento, cobrança e outros serviços. Labriola sinalizou que o Brasil poderá ser o primeiro país a usar o padrão Open RAN no 5G. "Hoje, o desenvolvimento da rede está amarrado a hardwares e softwares dos mesmos poucos fornecedores existentes. Com a nova tecnologia Open RAN, podemos quebrar este vínculo e escolher fornecedores diferentes. Inclusive já estão aparecendo novas empresas que podem ser parceiras", observou, destacando a possibilidade de desenvolvimento para o Brasil em softwares, reduzindo a dependência.

Ainda sobre o 5G, ele lembrou que outro pilar importante é a decisão que envolve a mitigação da interferência nas antenas parabólicas, usando a banda C-estendida para isso, ou a migração para a banda KU. "Temos muitos especialistas nossos e na Anatel estudando isso, mas eu sou mais pragmático. Acho que não podemos leiloar uma frequência que fique ociosa, precisamos utilizá-la o mais rápido possível, não podemos esperar uma migração", ressaltou.

Para ele, os debates que envolvem telecomunicações precisam priorizar o cliente, em todos os níveis de atendimento. Na sua avaliação, o cliente evolui e as operadoras precisam acompanhar essa movimentação.

Ele enfatizou que há necessidade de cooperação intrassetorial e fora do setor, para que todos possam evoluir seus planos de negócios. No caso da colaboração intrassetorial, Labriola destacou o compartilhamento de infraestrutura, principalmente para levar conectividade a áreas que hoje não são consideradas rentáveis.

Na colaboração externa, o executivo ressaltou a cooperação com novas empresas digitais. Ele lembrou que a conectividade será habilitadora da transformação digital em vários setores, como indústria 4.0, saúde e outros. "As empresas digitais precisam ter contato com os clientes, ter condições de cobrar pelo serviço. Ela pode não ter essas habilidades, mas nós temos", disse.

Acompanhe o Painel Telebrasil 2020 no site www.paineltelebrasil.org.br

LEIA TAMBÉM:

29/09/2020
Conexis Brasil Digital: Telecomunicações nos mantêm conectados ao que realmente importa

29/09/2020
BNDES quer ser o articulador para o Brasil ter mais infraestrutura

29/09/2020
Novas regras dão maior segurança para investimentos em telecom

29/09/2020
TIM: Brasil pode se tornar líder em 5G com Open RAN

29/09/2020
Segurança no 5G está no centro das atenções da Comissão Europeia

29/09/2020
Fórum 5G Brasil lança documento sobre o impacto da nova geração de comunicações móveis

29/09/2020
Nokia quer ser orquestrador do 5G brasileiro e defende estratégia Open RAN

29/09/2020
Adidas Brasil: mais que aumentar as vendas online, a hora é de inovar nos produtos

29/09/2020
Siemens do Brasil: grande revolução do 5G será a Internet das Coisas

29/09/2020
5G tornará a conexão entre veículos, condutores e passageiros mais segura, sustentável e divertida



Painel Telebrasil 2020 - Evento Digital - 08, 15, 22 e 29 de setembro 

Soluções para o 5G serão técnicas e Ministério das Comunicações fará diálogo com operadoras

Resultados de reunião entre empresas de telecomunicações associadas à Conexis e o ministro Fabio Faria foram considerados posit ...

LEIA MAIS



Leis da desoneração do IoT e que moderniza o Fust trazem avanços para as telecomunicações

Sanção do PL 172/2020, no entanto, deixou de fora mecanismo que daria maior efetividade aos investimentos em políticas públicas ...

LEIA MAIS



Mitsubishi Electric cria programa de capacitação gratuita nas novas tecnologias

Empresa global de automação centraliza os treinamentos em big data, machine learning e IoT. As aulas acontecem por meio de apre ...

LEIA MAIS



Organizações reclamam da falta de qualificação dos profissionais de Internet das Coisas

Lacuna de habilidades é um dos pontos críticos para o incremento dos negócios conectados, revela a pesquisa IoT Signals, produz ...

LEIA MAIS




Agência Telebrasil © 2018-2020 Telebrasil - Associação Brasileira de Telecomunicações
A Reprodução do conteúdo da Agência Telebrasil é autorizada mediante a indicação da fonte